PALESTRA PUCPR

PALESTRA PUCPR

domingo, 4 de setembro de 2011

Circulação de carga perigosa agora tem horário para passar pela cidade de São Paulo

Entrou em vigor nesta sexta-feira (2) a lei que proíbe o transporte de produtos perigosos nos horários de pico na capital. Veículos que transportam materiais desse tipo não poderão circular na cidade das 5h às 10h, e das 16h àVicent SobrinhoCargas perigosas não poderão circular das 5h às 10h, e das 16h às 21h, de segunda a sexta-feira – exceto feriados.s 21h, de segunda a sexta-feira – exceto feriados – no minianel viário e na região do Centro Expandido, o mesmo que delimita o rodízio municipal.

A medida do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV) visa maior segurança aos moradores, diminuição do impacto de acidentes e do fluxo de veículos em algumas das principais vias, como as marginais Tietê e Pinheiros, e as avenidas dos Bandeirantes, Salim Farah Maluf e Professor Luiz Inácio de Anhaia Melo.

A cidade de São Paulo registra, em média, 14 acidentes envolvendo veículos que transportam produtos perigosos todo ano. O DSV é responsável por definir as condições de transporte, restrições à circulação, estacionamento, parada, e carga e descarga desses veículos. Atualmente, há 178 agentes credenciados para a fiscalização de produtos perigosos, sendo que destes 52 são da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e 126 policiais militares.

A fiscalização é realizada através de uma parceria DSV/CET e Polícia Militar. Alguns dos itens verificados são a documentação do condutor e do carro, presença dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), condições gerais do veículo, documentação fiscal e compatibilidade dos produtos transportados com o Certificado de Inspeção para Produtos Perigosos (CIPP). As placas de sinalização vertical da área de restrição, que já estão instaladas, terão os horários alterados para proibir a circulação nos momentos de pico. 

A regra não será aplicada para veículos que transportam produtos perigosos de uso local, como combustível automotivo, gás engarrafado e gases do ar (como ar comprimido e oxigênio). A mudança na portaria de 1º de agosto de 2011 visa liberar a circulação de produtos classe 7, como materiais radioativos, para uso exclusivo na medicina nuclear, no centro expandido.

Fonte: http://www.cadernosp.com.br

3 comentários:

  1. trabalho com transporte de oxigenio como posso trafegar nas marginais sem multado

    ResponderExcluir
  2. Prezado Leitor, conforme a PORTARIA 069/2011-DSV.GAB, de 1º de agosto de 2011, é proibido trafegar com qualquer produto perigoso dentro dos horários de restrições - Exceto os produtos de uso local conforme Anexo II da Portaria nº 070/2010-DSV-GAB*, de 14 de julho de 2010. Você pode transitar sem correr o risco de ser autuado caso o produto que você transporte seja destinado dentro das áreas restritas a circulação. Sugiro que entre em contato com o órgão de trânsito, Central de Operações da CET(telefone 1188) para verificar se a nota fiscal do produto é suficiente para a comprovação de que o produto vai ser entregue nas áreas restritas.
    Um Abraço.

    ResponderExcluir
  3. trabalho com transporte de oxigenio , o mesmo em caminhão , e tenho ele todo sinalizado posso trafegar normalmente nas marginais , por favor preciso de esclarecimento

    ResponderExcluir